XPTO

Já conhece a nosso novo serviço depilação progressiva?

Alexandrite | Diodo | Nd-Yag

A depilação a laser é um tratamento com raios laser sob a forma de luz, no folículo piloso, o que resulta num método altamente eficaz para reduzir os pêlos.

Breve noção técnica

  • Os pêlos por natureza estão a diferentes profundidades na pele
  • Cada comprimento de onda atinge até determinada profundidade
  • Tendo os três comprimentos de onda num único disparo maximiza as hipóteses de atingir um maior número de folículos
  • Com Yag já é possível fazer laser com toda a segurança em peles muito escuras
  • O laser tem ponta refrigerada, permitindo um alivio imediato.

Como Funciona?

  • A luz do laser é atraída pela Melanina (substância que dá côr ao pêlo)
  • Destrói o folículo impedindo que se desenvolva um novo pêlo
  • É mais eficaz em pêlos escuros e peles claras
  • Não é eficaz em pêlo onde existe ausência ou carência de melanina
  • Para haver destruição da raiz do pêlo é necessário que ele esteja na fase Anágena (crescimento)
  • O laser não tem efeito sobre a raiz na fase Catágena (Repouso) e Telogénica (Queda)
  • As sessões têm de ser feitas em ciclos de 3 a 4 semanas, para apanhar a fase Anágena do ciclo de crescimento do pêlo
  • O número de sessões necessárias varia conforme o tipo de pele, tipo de pêlo e produção hormonal

Advertências após o Tratamento

  • Sentirá calor e picadas
  • Após o tratamento, a zona tratada ficará vermelha ou ligeiramente inflamada, este sintomas desaparecem num curto espaço de tempo
  • Raramente se verificará uma ligeira queimadura superficial
  • É imprescindível o uso de protector solar elevado em zonas sujeitas a exposição solar
  • Exposição solar ou solário não deve ser efetuada no dia anterior ao tratamento, no dia do tratamento e no dia após ao tratamento.

A hormona de crescimento [GH]

Esta hormona tem um efeito directo nos resultados dos tratamentos de laser, pois ela vai estimular a formação de novos pêlos corporais, fazendo com que haja um retrocesso nos resultados.

O controlo e a estabilização dos níveis desta hormona são essenciais para determinar resultados perfeitos.

Factores de risco & a GH

  • Adolescência, a GH está no pico máximo
  • Prática de exercício físico regular, estimula a produção de GH (mais frequente acontecer em mulheres)
  • Gravidez e Lactação, os níveis de GH estão elevados
  • Ingestão de batidos Proteícos, estimula a produção de massa muscular que por sua vez é regulada pela GH
  • Medicação para prevenção de queda de cabelo e/ou fortalecimento de unhas, vai agir ao nível da GH, potencializando a sua produção.
  • Todos os medicamento que contenham cortisona, estimulam a libertação de GH
  • O estado nutricional, a qualidade do sono e a quantidade de gordura corporal, são factores geradores de alterações na produção de GH